Associados
Cursos e Treinamentos
Galeria de Eventos
Histórico de Gestão
 Institucional
Diretoria
Estatuto
Regimento Interno
Missão
Mural de Eventos
Observatório Social
Palavra do Presidente
Programa Empreender
Serviços
Galeria de Vídeos
 
Newsletter
 
 
Previsão do tempo
 
 Notícias

ACIA PEDE CURSO TÉCNICO EM TECNOLOGIA PARA O CERÁVOLO



O presidente da ACIA, Wanderlei Faganello, recebeu na entidade, o candidato à reeleição para diretor do Colégio Izidoro Luiz Cerávolo, o professor Diego Fávaro. Ele estava acompanhado da sua candidata a vice, a professora Vania Alves. Juntos, eles apresentaram sua proposta de continuidade e como irá funcionar o processo eleitoral. "Temos chapa única, mas a eleição acontece em dois turnos devido ao quórum de votantes", explica Fávaro.
O Colégio Cerávolo sempre esteve alinhado aos programas e demandas da ACIA, através do Conecta. "Nosso objetivo, na continuidade do mandato é estreitar ainda mais esta relação, com a implantação dos cursos técnicos orientados pela associação comercial, que possam atender tanto o comércio, quanto as indústrias", frisa o candidato à reeleição, Diego Fávaro.
O presidente da ACIA, Wanderlei Faganello, explica que a relação com a atual diretoria sempre foi frutífera. "Temos demandas dos nossos associados e repassamos para o diretor Diego. Agora, por exemplo, estamos pleiteando um curso técnico em tecnologia. Nossas universidades possuem cursos de engenharia e os colégios particulares já oferecem aulas de robótica, 3D, modelagem, etc. Temos que ter isso no ensino público também", destaca Faganello.
A reeleição, segundo o presidente da ACIA, vai ser muito benéfica. "Reconhecemos o trabalho do professor, que sempre apoiou os eventos do Conecta, levando dezenas de alunos. Percebemos a necessidade de cursos técnicos para jovens. Temos uma grande demanda nas empresas de tecnologia, que não encontram mão de obra formada e nem estudando", alerta Faganello.
A ideia da ACIA, justamente com o Conecta, é ajudar a formar uma cultura inovadora em Apucarana. "Tecnologia fomenta indústrias que não poluem. É aumentar a base salarial e geração de impostos no município. Se der certo um curso técnico de tecnologia, mecatrônica, etc, na rede pública, estamos no caminho certo", conclui Faganello.


 
Cotações
ggf
gf
Associações Links Rápidos
Parceiros