Associados
Cursos e Treinamentos
Galeria de Eventos
Histórico de Gestão
 Institucional
Diretoria
Estatuto
Regimento Interno
Missão
Mural de Eventos
Observatório Social
Palavra do Presidente
Programa Empreender
Serviços
Galeria de Vídeos
 
Newsletter
 
 
Previsão do tempo
 
 Notícias

Hackathon propõe solução para distribuição de alimentos da Prefeitura



Aconteceu no último fim de semana uma imersão de 40 horas, de 13 equipes inscritas no Hackathon Apucarana Smart - Food Service. Elas se inscreveram para o desafio de criar uma solução inteligente na distribuição do benefício municipal do Auxílio Alimentação.
O evento foi realizado pela ACIA, Conecta, Sebrae, Conselho Municipal da Inovação e a Prefeitura do Município de Apucarana. O presidente da ACIA, Wanderlei Faganello, diz que o evento foi online, sendo que o controle das equipes e a banca aconteceu na sede do Sebrae em Londrina. "A dinâmica foi intensa, mesmo sendo remota. Podíamos interagir, quase que da mesma forma presencial. Avaliamos como um sucesso esta parceria do setor publico com o privado", frisa Faganello.
O coordenador do Conecta Apucarana, Tiago Ribeiro, explica que o Hackathon tinha por objetivo também, encontrar a desburocratização na concessão do benefício, garantindo a segurança alimentar das famílias apucaranenses em situação de vulnerabilidade social, além de fortalecer o comércio local. "A equipe vencedora, composta por alunos egressos da UNESPAR - Campus de Apucarana, propôs uma ferramenta digital que integra o sistema ERP do comerciante local aos meios de pagamentos existentes. Favorecendo assim a Prefeitura a adotar cartões de auxílio alimentação, promovendo a inclusão das pessoas que não tem acesso a recursos tecnológicos", ressalta Ribeiro.
Atualmente a Prefeitura de Apucarana faz a compra, por meio de processo licitatório, das cestas básicas, como forma de atender a Lei Municipal 155/2013, que prevê o benefício do auxílio alimentação.
O consultor do Sebrae, Tiago Cunha, reforça, por sua vez que a solução proposta pelas três equipes vencedoras, traz soluções que permitem mais autonomia, praticidade e acessibilidade às famílias necessitadas. "Com o cartão, por exemplo, as famílias podem escolher os itens que querem comprar nos comércios cadastrados. É uma forma de dar a elas o direito de escolha e mais dignidade humana. Além de proporcionar o controle dos gastos por parte da Prefeitura", destaca Cunha.
A equipe que ficou em primeiro lugar ganhou R$ 5.000,00. Já a segunda e terceira colocadas, ganharam respectivamente, 3 e 2 mil reais.


Veja também
 
Cotações
ggf
gf
Associações Links Rápidos
Parceiros